Não sei onde o jornalista da SIC, na edição do Jornal da Noite de hoje (16/02/2009) foi buscar um cartaz em espanhol que afirmava ser da autoria de venezuelanos a favor de Chávez  e que dizia que em Portugal não havia limites de mandatos. Ora o jornalista pro-imperialista não hesita em denunciar isso como uma mentira. E de facto é o uma meia verdade já que os limites de mandatos não existem para as Autarquias e para os Governos de Regiões Autónomas. Seja como for, a existência do cartaz vindo da SIC é de desconfiar (há mil maneiras de falsificar imagens ou de atribui-las falsamente).

Mas o que a SIC se esquece de denunciar é a sua própria mentira ao dizer que a partir de agora Chávez será presidente eterno e que foi isso que se decidiu na votação de ontem. Chávez apenas ganhou a hipótese de se recandidatar. Aí estão os mentirosos ditos de "referência" a enganar o telespectador português.

Publicado originalmente em 16 de Fevereiro de 2009.

0 comentários:

Propósito

1 – Apoiar a Revolução Bolivariana, a qual tem provado repetidamente a sua natureza democrática, na luta para libertar os oprimidos da Venezuela.

2 – Defender a Revolução contra os ataques do imperialismo e dos seus agentes locais, a oligarquia venezuelana.

3 – Apoiar a nova confederação sindical, UNT, como sendo a legítima voz do movimento trabalhista.

4 – Rebater as distorções e as mentiras da comunicação social acerca da Venezuela e mobilizar o máximo de apoio possível na defesa destes pontos.

Seguir por e-mail

Hands Off Venezuela

Arquivo

Com tecnologia do Blogger.